A crise hídrica e energética que afetou o Estado de São Paulo faz com que diversos estabelecimentos passassem a adotar medidas sustentáveis para enfrentar o problema.

Preocupada com suas operações e com o atendimento ao público, a cafeteria Sofá Café implantou, em janeiro, novas ações com o objetivo de colaborar com a cidade e população, combatendo o desperdício. A empresa apresentou um plano de ação com mais de 10 iniciativas fundamentais para enfrentar o problema. Confira como a cafeteria adotou medidas para combater crise hídrica em SP:

 

Algumas das ações planejadas são: alteração no cardápio e forma de preparo dos alimentos para ajudar na redução do consumo de água; descontos para clientes que trouxerem suas próprias canecas; treinamento interno para lidar com a falta de água em um ambiente de cafeteria; utilização de material biodegradável; melhor aproveitamento interno da luz solar no local.

Para Diego Gonzales, fundador do Sofá Café, ?água e luz são recursos que estão diretamente interligados e fazem parte do processo de atendimento da cafeteria. Combater o desperdício desses recursos deve ser uma das diretrizes de todas as empresas?. A meta do Sofá Café foi reduzir 15% do consumo de energia em até 45 dias e manter a redução em 20% permanentemente.

Para debater o assunto e criar novas alternativas neste sentido, a cafeteria promoveu uma palestra aberta ao público, direcionada aos proprietários de cafeterias e restaurantes.

Fonte: Revista Expresso

A RS Café fornece máquinas de café expresso para cafeterias e restaurante, as máquinas de café expresso automática geram economia no consumo de tempo, energia elétrica e água. Consulte nossas máquinas.

Máquinas de Café em São Paulo